#EleNão

Quem nunca, nem que por um instante, imaginou estar na rua, caminhando numa pressa que ninguém nem entende porque tamanha afobação, carregando alguns livros, ou, saindo um pouco do romantismo exacerbado, com algumas sacolas de compras nas mãos e, de repente, ao virar uma esquina, esbarra com um homem lindo, daqueles que só se vê em cinema, nas novelas, de tirar o fôlego, magicamente deslumbrante aos nossos olhos e palpitante aos nossos corações, corpo e alma? Claro que a imaginação pode fluir um pouquinho mais e esses livros caem no chão, ele pega, olha pra ela, para feito estátua e o mundo acaba de começar naquele momento…

Pois bem, eu já! Não importa quando, mas já, claro que já! Me lembrei dessas doces lembranças hoje, ao receber um papelzinho na rua de uma tal poderosa espiritual “aprovada pela Federação de Cultos Afro Brasileiro…especialista em todos os ‘trabalhos’: amores mal correspondidos” e bláblábláblébléblé.

No tal folheto “tentador” que te convida ao milagre, a tal cartomante assegura que “traz a pessoa amada do jeito que você quer”. Pois bem, sem pestanejar, liguei para ela para saber se daria para me ajudar.

_Oi, acabei de receber um folheto…

_Ô, que querida! O que você precisa, estou aqui para te ajudar com os meus conselhos e serviços espirituais.

_A senhora garante que traz o amado em até 72 horas?

_Sim, esse é o meu dom! Você vem aqui pra uma consulta e a gente vê o melhor trabalho pra você ter esse amado ao seu lado.

_ Ok, eu gostaria de ter o Cauã Reymond comigo, consegue isso pra mim?

_ Ah, aí não tem como. Ele não!

_Sim! EleNão, a senhora tem toda a razão! Obrigada pelo conselho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *