“Volta, Saulo, te amo” – mas ele não voltou!!!

 

Se fosse o Claudio, o Ronaldo, o Alex, o Marquinhos até, faixas de amor com esses nomes não chamariam tanto a atenção de pessoas que circulam e trabalham em um bairro de Santos, litoral paulista.

Ocorre que o citado era o Saulo, denominação um tanto incomum, não é mesmo? Daí, facinho de encontrar o dito cujo e os amigos aproveitarem a “deixa” pra fazer “bullying” com o rapaz.

Bem, mas vamos para os fatos: uma moça apaixonada, pelo Saulo, claro, mas de amor não correspondido, resolveu aproveitar o Dia dos Namorados para ver se amolecia o coração do moço – ou esquentava, não sei exatamente o grau de intensidade dessa paixão, enfim…

A amada resolveu então espalhar faixas com a frase “Saulo, volta…te amo” – tudo em caixa alta e vermelho paixão pra deixar a mensagem bem visível mesmo. Tudo indica que o material foi espalhado por onde o ex passaria, até chegar em seu local de trabalho. Para isso, a dona da ação certamente trabalhou duro durante toda a madrugada na instalação de tudo.

Uma equipe de “reportagem investigativa de casos inusitados de amor” chegou até o dito cujo, um quarentão, que não quis muita conversa. Sim, ele não gostou nem um pouco da atitude da apaixonada e até retirou um dos materiais deixado próximo ao seu trabalho.

Em declaração à reportagem (no caso, o G1 local), ele disse que a situação estava complicada e que não haveria chances de reatar o namoro. “Antes de colocar essas faixas, após o nosso término, ela chegou a enviar várias mensagens por meio das redes sociais. Depois disso, bloqueei ela de todas as páginas. Ela não tem mais contato, porque está bloqueada”.

A moça do coração partido não foi encontrada, mas a gente deixa um recado aqui pra ela. Vai ser feliz, menina!

 

(Foto: Reprodução G1)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *